Atividade física, recreio escolar e desenvolvimento motor: estudos exploratórios em crianças do 1.º ciclo do ensino básico

Título: Atividade física, recreio escolar e desenvolvimento motor: estudos exploratórios em crianças do 1.º ciclo do ensino básico

Autor:  Lopes, Luís Carlos Oliveira

Orientadores:  Lopes, Vítor Pires; Pereira, Beatriz Oliveira

Descrição: Dissertação de Mestrado

Data: 2010

URI: http://hdl.handle.net/1822/6206

Resumo:

Atualmente, existe na literatura a evidência unânime, que a prática atividade física regular é benéfica para a saúde. O presente trabalho consta de dois estudos cujos objetivos foram: no primeiro estudo, analisar os efeitos de uma intervenção no recreio escolar nos níveis de atividade física em crianças de ambos os sexos com idades entre os 6 e os 12 anos; no segundo estudo, analisar a relação entre a atividade física habitual e as habilidades motoras fundamentais, e a coordenação motora em crianças de ambos os sexos com idades de 6 e 7 anos. A amostra foi constituída, no primeiro estudo por 158 crianças com uma idade média de 7,81±1,17, no segundo estudo por 21 crianças com uma idade média de 6,38±0,50. A atividade física foi avaliada por acelerometria, as habilidades motoras fundamentais usando o Test of Gross Motor Development (TGMD) e a coordenação motora através do Körperkoordination Test für Kinder (KTK). Os resultados em ambos estudos indicam que estas crianças cumprem as recomendações internacionais de atividade física. No primeiro estudo a intervenção resultou num aumento significativo da atividade física total (> 3 MET´s). No segundo estudo, o desempenho nos testes das habilidades motoras fundamentais (controle de objetos) e da coordenação motora apresentaram baixos resultados, a actividade física habitual correlacionou-se positivamente com o TGMD (controle de objetos) e o TGMD (total). Estes estudos permitem-nos tirar as seguintes conclusões: as crianças deste estudo beneficiaram com a intervenção no recreio escolar, parece então que poderá ser benéfico a sua implementação noutras escolas; as crianças deste estudo apresentaram resultados baixos, indiciadores de possíveis insuficiências do desenvolvimento coordenativo e de pobre desenvolvimento das habilidades motoras fundamentais, pelo que se considera que deviam ser alvo de uma especial intervenção, nomeadamente na área da Educação Física.

Trabalho na íntegra:

https://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/6206/1/TESE%20LUIS%20CARLOS%20OLIVEIRA%20LOPES.pdf

Deixe uma resposta

13 + 12 =