Marcelo Cortez Freire

Analfabetismo Motor, está aí um assunto que desconhecia, jamais pensei que existisse. Mas agora, ao saber da importância de cuidar sem superproteger, saber o que provoca, os prejuízos, fiquei assustado. E que responsabilidade que pais e mães têm nesse sentido. Nossa, é maior do que eu imaginava, do que vivi e aprendi. A maioria das pessoas não tem noção disso. O meu filho, Felipe, está com 11 anos, e pratica futebol há 3 anos, que é oferecido pela escola fora do horário normal de aula, duas vezes por semana com jogos aos finais de semana, e eu não só incentivo como acompanho; e a minha recém-nascida, Cecília, está com quase 2 meses, ainda não sabemos qual será sua opção em termos esportivos e atividades físicas, mas o nosso primeiro passo será trocar o cercadinho que acabamos de comprar por algum item mais importante e menos limitador. Que bom, vivendo e aprendendo. E a partir de agora, precisamos repensar essa questão em relação aos nossos filhos, porque não queremos que façam parte dessa triste estatística. Minha esposa, que é professora, terá muito a repassar. Recomendo aos pais e mães e também a todas as pessoas que tenham contato com crianças/adolescentes, direta ou indiretamente, a leitura deste livro, e procurar saber cada vez mais a respeito. Não importa se você tem ou não filhos, sempre há uma criança, um adolescente por perto, na família, na vizinhança e temos agora a chance de alertar.

Deixe um comentário

onze + sete =